Universo Paralello – História do evento de música eletrônica no Brasil

Universo Paralello – História do evento de música eletrônica no Brasil

O Universo Paralello é um festival que tem  muito para oferecer, pois dura cerca de 8 dias, algo muito notável em comparação com o resto dos festivais de música eletrônica; geralmente têm uma duração de dois dias, em média.

Este festival é considerado um dos melhores festivais de música eletrônica de toda a américa Latina e não é de menos; a duração do evento, a música, a arte, o ambiente e outros dão-lhe facilmente essa posição.

A edição deste ano acontecerá nos dias 27 de dezembro de 2018, a 3 de janeiro de 2019, onde já havíamos mencionado: Praia de Pratigi, Bahia, no Brasil.

História do Universo Paralello

Tudo remonta aos anos 90, quando começou a popularizar a ideia de fazer festivais de música eletrônica.

Na época, eram pequenas celebrações onde não iam mais de 200 pessoas, quando muito, mas foi crescendo ao passar o tempo.

Já para o ano de 1999 havia conseguido ter a capacidade suficiente para hospedar um festival de música eletrônica ao ponto de contar com a assistência de mais de duas mil pessoas e ter a presença de cerca de 22 DJs diferentes.

Finalmente, no ano de 2002 foi realizada a primeira edição do festival Universo Paralello, perto de Brasília. A partir do ano de 2011 começou a ser um evento bi-anual e conseguiu ter mais de 13 edições até o momento.Experiência no Universo Paralello
Já a alguns dias um se começa a sentir o cansaço, mas o ambiente continua convidando a celebrar com os outros.

Cair em tentação e acabar descobrindo o êxtase que pode chegar a sentir naquele momento, quando todos estão dançando sob a luz da lua, sentindo a areia entre os dedos do seu pé e a brisa da praia, perguntando se alguma vez você poderá voltar a ter uma sensação semelhante.

E isso é apenas o início; imagine como vai ser quando eu cheguei lá, a explosão do ano novo: A emoção, os gritos, os abraços, os beijos, a música. Tudo misturado em um coquetel de alegria a verter por toda a parte.

Claro, ouvir música não é tudo o que você vai fazer no festival. Você também tem a opção de fazer yoga, ir a um cinema, veja malabarismo, ir para a área de saneamento, entre outras coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *