Planejamento de marketing digital: descubra o que não pode faltar

Planejamento de marketing digital: descubra o que não pode faltar

Sua empresa está na internet? Estar “online” é uma obrigação para qualquer negócio que busca espaço no mercado de hoje. Mas é importante dizer que essa presença não pode ser feita de qualquer forma: deve ser traçada e executada com inteligência! Afinal, pequenas e isoladas iniciativas, feitas despretensiosamente, serão apenas perda de tempo. Para ganhar agilidade e, principalmente, competitividade, você precisa de um planejamento de marketing digital: descubra o que não pode faltar!

É estabelecendo estratégias, utilizando ferramentas apropriadas e estando ao lado de profissionais da área que um bom planejamento de marketing digital pode sair do papel e, no fim, se converteu em ganhos para a empresa. Vamos entender os primeiros passos a serem dados no marketing digital e também quais os principais tropeços que aparecem no caminho de quem não está totalmente preparado para trilhá-lo!

 

O que é um planejamento de marketing digital?

Um planejamento estratégico marketing digital é o início de tudo: qual estratégia será adotada para ter sucesso no mercado? Essa pergunta é o que move a construção do planejamento. É o momento em que são localizadas as melhores ações de marketing para divulgar e promover uma marca, um serviço ou um produto. Isso varia de empresa para empresa, que precisa levar em conta as condições específicas da empresa e o local ocupado pelo negócio no mercado.

 

Qual é a importância de fazer um planejamento de marketing digital?

Uma casa não começa a ser construída pelo topo, mas pela base. Não será possível alcançar resultados eficazes se a sua empresa não tiver clareza, convicção e um ótimo planejamento de marketing digital em mãos logo no início. O fato é que o planejamento de marketing digital é uma reação: antes de apresentar a estratégia mais adequada para a empresa, isto é, a melhor solução, é preciso fazer um diagnóstico e encontrar os problemas!

Sem conhecer profundamente o público, seus desejos e suas dores, qualquer tipo de ação será falha. É claro que essa estratégia é construída e testada também na prática, ao longo de sua execução. Porém, caso o primeiro passo seja dado com a consciência de como fazer para conseguir o que se busca, certamente você ganhará tempo e dinheiro. O investimento inicial em um planejamento de marketing é o que permite fazer ações coordenadas e que realmente terão impacto. É melhor utilizar as redes sociais? Técnicas de SEO com um blog? Ou, então, conteúdo pago? Definir as melhores opções e como usá-las é papel do planejamento de marketing digital!

 

O que não pode faltar em um planejamento de marketing?

Vamos finalmente para as etapas que compõem um planejamento de marketing e apontar tudo que não pode faltar:

Pesquisa: como dissemos, é preciso, antes de tudo, fazer um diagnóstico da empresa. Todo o contexto de mercado, incluindo a análise do público-alvo e a concorrência do negócio no ambiente virtual, é mapeado e permite que, a partir daí, as iniciativas sejam colocadas em prática.

Plano de ação: é iniciada então a identificação dos melhores canais de comunicação com o público-alvo e a criação de conteúdos voltados para atender os objetivos do planejamento de marketing digital. É nessa etapa que conteúdo, forma e local de veiculação propostos são colocados à prova. No entanto, todos esses elementos só terão efetividade se um quarto fator entrar na conta: o calendário.

Cronograma: a partir do comportamento do seu público, entendendo também como funcionam as ferramentas da internet, o próximo passo é estabelecer um cronograma para a execução das ações. Qual é a frequência de postagens mais adequada? Saber como atualizar e distribuir o conteúdo é fundamental, mas sem deixar de lembrar também do quando!

Monitoramento: produção em andamento, primeiras ações já em teste. Mas e agora? Como saber se isso tudo realmente está funcionando? Vem a etapa do monitoramento. É preciso, então, utilizar ferramentas que ajudem a rastrear visualizações, acessos e mensurar o engajamento real que o conteúdo está recebendo. As primeiras etapas não se descolam do monitoramento, pelo contrário: é preciso, desde o início, saber como cada ação poderá ser medida e avaliada depois!

 

O que não fazer em um planejamento de marketing?

A raiz dos principais erros cometidos em um planejamento de marketing está justamente em esquecer alguma dessas etapas mencionadas. Um movimento em falso, ou, melhor, esquecer de um dos movimentos que constituem o planejamento de marketing pode comprometer todo o restante. Voltando à analogia da casa, um pequeno alicerce que não recebeu a atenção necessária pode causar problemas estruturais, que atingem os outros alicerces também.

Ao não identificar corretamente o público-alvo, por exemplo, a sua mensagem pode chegar a pessoas que não estão interessadas nela. Logo, os resultados vão perder muito potencial e o monitoramento vai identificar problemas e constatar que é necessário reformular o planejamento de marketing como um todo. É comum também que as empresas apostem em apenas um caminho, uma rede social ou um canal de comunicação. Ou, então, a empresa considera todas as etapas, mas não utiliza ferramentas apropriadas para isso.

Você percebe que todos esses problemas, de alguma forma, podem estar relacionados à falta de entendimento sobre como fazer um planejamento de marketing digital? Afinal, uma empresa de serviços estéticos, por exemplo, é especialista em serviços estéticos, não em marketing digital! Porque, então, não ter ao seu lado pessoas que entendam bem como funciona o mundo da internet?

 

Onde fazer um planejamento de marketing digital?

Nessa jornada, conte com uma agência de marketing digital que te ajude a ter as soluções ideais dentro da sua empresa. Não perca tempo e alcance a melhor performance no ambiente digital!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *